sexta-feira, 16 de julho de 2010

Todo e qualquer cantinho!

O Chico não pode ver um cantinho que já se encaixa, as vezes da certo, as vezes não. Quando ele começou a fazer isso, um dia ele foi se enfiar no vão entre a geladeira e a parede lá do apartamento de SP. Não deu outra, ficou intalado, e eu como uma boa mãe em vez de ajudar o menino a sair de lá, pedi pra ele aguentar mais um pouquinho e fui buscar a câmera (infelizmente não tenho essa foto aqui comigo, mas vou procurar e ponho depois).
Aqui não é diferente, ele entra debaixo de tudo e de todos. As vezes ele me assusta, porque entra em lugares que não dá pra gente ver. Agora eu já to craque, mas no começo, morria quando procurava ele por mais de 2 minutos e não encontrava. Já ficava imaginando na desculpa que eu ia dar pro Dan por ter perdido o moleque, porque as vezes ele tá debaixo ou dentro de algum lugar que a gente não pode ver, ele fica quietinho, não dá um piu sequer. Aqui em casa eu já não perco mais ele, já sei todos os lugares que ele entra, mas na rua as vezes é complicado, ele não pode ver uma arara de loja, uma caixa vazia na biblioteca ou uma saia alheia que já se encaixa, não dá pra tirar o olho dele nem por um segundo.
Pra dar uma amenizada em seu desejo de se enfiar nos lugares, a gente comprou pra ele um túnel. Nossa, ele amou, não saía de lá de dentro, levava os brinquedos pra lá, mamava lá dentro, dormia lá dentro e eu ia junto. Alias, essa é outra coisa que acontece por aqui, a presença dos pais em todos os lugares Ele passa tanto tempo debaixo da cama que o lugar começou a virar nosso ponto de encontro. O Dan chega em casa e não vê ninguém, e a gente grita "tamo aqui embaixo da cama, vem tb" dai fica os 3 batendo papo por lá mesmo. Mãe que é mãe e pai que é pai tem que participar, não é? Mesmo que seja num calor de 36graus, ficamos todos embaixo da cama, o que deve ser um saco pro Chico, porque no fundo sei que ele se esconde nos lugares pra dar um tempo de mim, acho que ele cansa da minha cara de vez em quando.
Uma pena que não consegui fotografar todos os momentos dele encaixadinho nos lugares mais inesperados, faltou, ele dentro da gaveta, metade embaixo do sofá ( pq não cabe inteiro) embaixo da escrivaninha, entre a s cortinas e mais um monte, mas com essas fotos já dá pra ter uma idéia do que que estou falando.

quarta-feira, 7 de julho de 2010


E os dias tem sido muito bons aqui, principalmente e quase que exclusivamente os fins de semana!
Todo mundo acha que eu sou louca, mas eu ADORO ter visita, principalmente quando passa, lava, cozinha e troca fralda!
Dia de semana, tudo na correria, mas com a ajuda extra ate que ta sobrando um tempinho pra dar umas voltinhas por NYC, antes da aula, com as minhas meninas do momento, Natalya e Tia Gorda. Fim de semana eh soh alegria, Brooklin, Rita, Central Park, Galeria Work, praia, piquinique, festinha e sorvete e Piraguas (mais conhecida como raspadinha).
Esse ultimo fim de semana deu super lotacao aqui em casa, no feriado de 4 de julho, vieram pra ca alem das meninas que ja estao, Pitch, Walker e Mary. Ainda bem que o chao eh fofinho e o sofa eh grande, todo mundo dormiu aqui, foi muito bom!
O calor esta muito intenso, tipo 36graus ou ate mais, mas eu me estou me contendo pra nao reclamar, pois sei que sentirei falta quando o frio comecar a pegar.
O Chico, lindo como sempre e safado como nunca esta cada vez mais divertido.

E foi um super Happy 4th of July!



video